segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Você não é apenas você

Você não é apenas você
Enéias Teles Borges

Como explicar isso? Seria dizer que além de você há mais "vocês" dentro de você ou junto com você? Parece bizarro? Coisa de outro mundo ou você é um mundo, uma metrópole e afins?

Uma metrópole com 1 quatrilhão de indivíduos

O corpo humano é um ecossistema. Em média, nosso organismo tem 100 trilhões de células humanas humanas - e um número dez vezes maior de bactérias de centenas de espécies. O Projeto Microbioma Humano vai mapear o DNA dessa flora, crucial para sustentar nossa vida. Abaixo, quantas espécies habitam cada região do corpo e quais são suas funções

Uma cidade chamada você

Olhe-se no espelho. Observe com atenção a imagem de seu rosto, de seus cabelos e de suas mãos. Note a pequena espinha que não estava lá ontem à noite; verifique se há algum novo fio de cabelo branco; repare nas marcas indeléveis da idade que vão se acumulando. Agora fique de perfil e repita aquela olhadela matinal – quase involuntária – que fazemos na esperança de perceber alguma mudança para melhor nos quilinhos a mais (ou a menos) em nossa cintura. A imagem refletida no espelho é seu corpo. Ou melhor, é apenas 10% dele, o conjunto formado pelos 100 trilhões de células humanas. Os outros 90% são invisíveis – e não são humanos. Trata-se de uma multidão com 1 quatrilhão de micro-organismos, um vasto ecossistema formado por centenas de espécies de bactérias, protozoários e fungos (sem falar num número desconhecido, mas supostamente bem maior, de vírus). Em sua grande maioria, esses micro-organismos são benéficos. Nós só estamos vivos porque eles existem.


Nota: como entender essa complexidade filosoficamente e teologicamente? Quem realmente vale nisso tudo? Todas as vidas ali contidas ou a vida que pensa? No entendimento teológico criacionista o homem, em seu estágio de perfeição, era uma "metrópole" assim?[ETB]
-

3 comentários:

A arte de ter razão disse...

Caramba! Será que Deus formou o homem a partir de um barro contaminado? Seguindo essa lógica nós somos apenas 10% a imagem e semelhança de Deus? (rs)

Sabrina Noureddine disse...

Adorei a postagem!!!
Muito interessante esse ponto de vista sobre nós mesmos...
Abs.
Sabrina.

Carlos H. Barth disse...

Enéias,

Ignorar fatos como este é o que me faz ver a cultura religiosa apenas como uma forma de gerar conforto a si por fingir que se sabe de tudo o que precisa saber.

Tenho pra mim que essa noção de que somos um conjunto de várias formas de vida ficará no ostracismo, visto que só é levada em consideração pelos pouquíssimos que fazem uma busca sincera pela verdade. A maioria apenas buscará uma forma de acomodar isso num canto de seu dogma.

Parabéns pelo post.

Textos Relacionados

Related Posts with Thumbnails