quinta-feira, 18 de março de 2010

Vida extraterrestre - II

Vida extraterrestre - II
Enéias Teles Borges

É sabido que os criacionistas, notadamente os cristãos, têm certeza da existência de vida fora da Terra. Claro que é vida perfeita, que não foi maculada pelos efeitos nefastos do pecado. Sabe-se mais: que o ser humano, em estado atual de pecaminosidade, não terá acesso a esses mundos pois (segundo se crê) em assim ocorrendo o pecado, de forma indireta, estaria adentrando os murais de mundos sadios. Há criacionistas que discordam disso - é bom que fique claro.

Emerge uma questão: a ciência humana tem trazido novidades. Novidades que vêm do espaço. Quanto mais avança o conhecimento humano, mais novidades impressionantes chegam a nós. Até bem pouco tempo era impossível provar a existência de planetas orbitando outras estrelas. Hoje eles são detectados. Agora surge fato novo: pequenos planetas, parecidos com a Terra, estão sendo descobertos. Até que ponto irá o conhecimento humano a respeito desses mundos? Até que ponto avançará o olhar telescópico humano? O que esse olho robótico enxergará além do sistema solar, além da nossa Galáxia?

Quanto mais a ciência avança, mais os mitos recuam. Imaginemos as crenças humanas na idade média, no século XIX e comparemos com o que se crê hoje. Imaginemos mais: o que se crerá nos próximos séculos, diante da evolução permanente da ciência?

É certo que os partidários da fé cega e da faca amolada pensam de forma divergente. Quero me dirigir às pessoas que não temam a verdade independentemente da forma como ela possa se apresentar, quer seja boa, quer seja ruim: que tipo de vida extraterrestre existe lá fora? O que descobriremos mais, ao nos dedicarmos ao estudo dos exoplanetas?

Quem viver saberá. Enquanto isso eu sugiro a leitura do texto "Agência de astronomia europeia anuncia descoberta de planeta extra-solar 'normal'". Link no [G1].
-

Um comentário:

Carlos H. Barth disse...

Grande Enéias!

O ser humano julga ter grande capacidade de aprendizado, mas tenho cá minhas dúvidas, pois sua postura diante do novo é a mesma há milhares de anos.

De minha parte, adoraria viver o suficiente para acompanhar de perto essas novas descobertas.

Ps.: Você sabe o que houve com o Ricardo, o blog dele sumiu!?

Textos Relacionados

Related Posts with Thumbnails