segunda-feira, 29 de novembro de 2010

A felicidade e a realização

A felicidade e a realização pessoal são a mesma coisa? Uma pessoa realizada pode dizer que é feliz?

(1) Imagino que uma pessoa realizada é aquela que, dentro de suas possibilidades, tenha conseguido concretizar tudo o que pretendeu fazer.

(2) Uma pessoa feliz parece-me estar em outro universo.

Vejamos:

(1) É possível ser feliz vendo as mazelas do mundo, tudo de triste que há para ser visto e vivido?

(2) Não seria a realização pessoal um dos poucos momentos de felicidade experimentado pela pessoa?

Acredito piamente que é possível um ser humano se considerar realizado, mas descreio que alguém possa dizer, nesse mundo miserável, que é feliz.

É claro que existem momentos felizes e a realização é um deles.

Você concorda?

Enéias Teles Borges
Postagem original: 29/01/2009
-

3 comentários:

Carlos H. disse...

Concordo.

Não penso que a felicidade seja um estado pleno tal que se possa dizer "pronto, consegui, agora sou feliz". Como se nunca mais fosse tirar o sorriso do rosto. Como aquela felicidade prometida por certas religiões ou filosofias de vida. Se existe tal felicidade, não passa de uma felicidade egoísta e ignorante, que ignora o próximo (como aquele que fuma ao lado de outro, pensando apenas no seu próprio bem-estar naquele momento). Para que não fosse assim, seria preciso eliminar completamente todos os problemas do mundo, de forma que sua "felicidade" não afete ao outro de maneira negativa, de forma nenhuma.

A felicidade em momentos então é, penso eu, ditada pela forma como encaramos a vida. Isso dirá se teremos mais momentos de bem-estar (felizes) do que de mal-estar (infelizes). Mas que todos os nossos momentos sejam felizes... é preciso que isso ocorra com todas as pessoas... algo impossível face às mazelas do mundo.

Talvez a realização pessoal seja uma forma de buscar essa "felicidade coletiva" a partir de realizações que contribuam para a sociedade? Ou seria isso um auto-engano, uma máscara para esconder a nossa busca pela felicidade egoista, sendo ela uma ferramenta para a realização pessoal?

Cleiton Heredia disse...

Discordo enfaticamente!!!

Quer dizer, concordo na parte que diz ser a realização uma forma de felicidade. Porém, discordo quando afirma que tudo que teremos neste mundo são momentos felizes, mas nunca encontraremos a felicidade.

Esta é uma visão da vida e do mundo muito negativa e pessimista. É claro que neste mundo existem muitas coisas ruins, mas isto não significa que estamos condenados a uma vida infeliz apenas salpicada de poucos momentos de felicidade.

Não entendo a felicidade como um objetivo a ser alcançado ou conquistado ao final de uma jornada, mas sim como o próprio trilhar pelo caminho.

Se você, como eu, está começando a se convencer que esta vida que vivemos é tudo que teremos para desfrutar, então meu amigo, mude rapidamente seu conceito de felicidade e comece hoje mesmo a ser feliz, a despeito dos momentos tristes que eventualmente ocorram.

A felicidade é antes de qualquer coisa um estado mental. Podemos condicionar nosso cérebro para que funcione a favor de nossa felicidade a despeito das realidades que nos rodeiam.

Não estou referindo-me a alienação ou fuga da realidade, mas sim a uma postura mentalmente positiva treinada para sempre o lado bom das coisas. Exemplo: Uns olham um copo com água pela metade e reclamam que o copo não está cheio, outros olham o mesmo copo e ficam felizes por ele não estar vazio.

Sua mente, e não as circunstâncias, é quem determina se você será feliz ou não.

Pense nisto.

Ricardo disse...

Felicidade é um estado de bem-estar mental e físico, portanto, toda vez que você estiver se sentindo bem você estará sendo feliz.

Textos Relacionados

Related Posts with Thumbnails