quarta-feira, 12 de agosto de 2009

DÍZIMOS, OFERTAS E DECEPÇÕES...

O fiel acredita no que o pastor (bispo, apóstolo, padre...) diz. A confiança é a força motora que mantém o membro nos centros de difusão de cultura religiosa. O membro é capaz de tirar da própria boca para contribuir nos templos. Muita ação meritória acontece nesses contextos de religiosidade, mas a rapinagem, a trairagem, o engodo, o abuso e afins também perambulam pelos arraiais dos clamores por deus e para deus...

Será que tudo isso é em prol da fé? Será que existe algum bastidor maldito em todas ou em algumas?

Uma reportagem tomou conta do Brasil hoje:

Denúncia de promotores aponta 'prática de fraudes' contra a Universal e fiéis

Justiça abriu processo contra líderes da igreja, a pedido de promotores.

Dinheiro doado por fiéis teria sido usado na compra de empresas e bens.

Para se inteirar um pouco mais bata teclar em [dízimos, ofertas e decepções...].

-

2 comentários:

Cleiton Heredia disse...

O principal cliente da Rede Record é a própria IURD que compra espaço para fazer sua publicidade e seus programas religiosos. Desta forma o dinheiro arrecadado nos templos dos fiéis entra limpinho (lavadinho) na emissora.

A arte de ter razão disse...

Enéias,

Daqui à pouco vou colocar no ar uma postagem sobre esse mesmo tema.

Esse pessoal quer subornar Deus, e quando o suborno não rende dividendos eles querem o dinheiro de volta (rs)?

Textos Relacionados

Related Posts with Thumbnails