segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Conviver com o invejoso é complicado

“A inveja é um sentimento de cobiça à vista da felicidade, da superioridade de outrem”.
Querer o que é de outro? Não apenas isto, mas um sentimento ante a condição melhor de quem está à vista. Difícil conviver com o invejoso, mas temos que admitir: a inveja, em muitos casos, é maior que a própria pessoa. Existem aqueles que lutam contra tal sentimento, mas sucumbem – é mais forte que eles.

Curiosamente ou desgraçadamente o sentimento da inveja é comum nos locais em que menos se esperaria a sua indesejada presença. Justamente nos centros em que o combate aos pecados capitais é pregação constante. Notaram como existem invejosos nos ambientes de cultura religiosa?

A inveja ali se manifesta em forma de inúmeros depreciativos. Basta alguém “evoluir” na vida para que surjam insinuações acerca de sua idoneidade... O invejoso não suporta o sucesso dos outros e como não tem coragem nem capacidade para arrancar à força as conquistas de terceiros, passa a lançar lamas fabricadas sobre a postura dos eventuais bem sucedidos.

Incrível! A inveja parece ser mais forte do que o invejoso. Mas logo ali, no local guarnecido pela comunhão dos fiéis? Bem ali, no lugar no qual só existem aspirantes à celestial vida eterna?

Tese permanente do invejoso: se alguém vai mal, logo diz que o infortunado está longe de Deus e daí seu insucesso. Se esta mesma pessoa começa a se dar bem ele logo sugere que tal conquista é oriunda da desonestidade e, logo, do distanciamento de Deus...

Conviver com o invejoso é complicado...



Enéias Teles Borges
Postagem original: 18/07/2009
-

3 comentários:

A arte de ter razão disse...

Como disse o sábio:

"A inveja é uma m..."

Cleiton Heredia disse...

Sempre me questiono porque é tão difícil para algumas pessoas simplesmente se alegrarem com o sucesso dos outros.

Competitividade? Incapacidade? Incompetência? Baixa auto-estima?

Não importa! No final das contas a inveja sempre será uma opção pessoal que cada um de nós fazemos diante do sucesso alheio.

Podemos nos sentir incomodados e com isso trazer infelicidade para nossas vidas, ou simplesmente podemos partilhar da alegria dos outros e consequentemente aumentar a nossa própria felicidade.

Escolher ser feliz é sempre a melhor opção!

Carlos H. Barth disse...

Quem dera eu ser o autor deste texto! Ô inveja! Rs.

Acrescento que, me parece, o invejoso é daqueles que mais gostam de "ajudar ao próximo", tal sua gana por sentir-se superiores.

Logo, qualquer condição em que o próximo esteja em que ele não possa ou não precise ser ajudado pelo invejoso, é digna de crítica.

Na religião ocidental, deus não passa de uma ferramenta do ego.

Textos Relacionados

Related Posts with Thumbnails