sábado, 20 de setembro de 2008

O tempo passa...

Quando minha primeira filha nasceu, em março de 1990, eu estava com 27 anos, caminhando para os vinte e oito. Eu brincava com os conhecidos e dizia assim: “estou com 27 anos, faltando apenas três para os 30. De 30 para 40 é bem rápido e de 40 para 50 um pulo. Estou ficando velho e me aproximando do meio século de vida”. As pessoas achavam graça. Que conta maluca! De 27 para 50 era um tempo longo a ser percorrido...

Pois é... Estou completando, neste dia 21/09/2008, 46 anos de idade. Faltam apenas quatro anos para que fique provado que a minha brincadeira estava coberta de razão. O tempo vai passando...

Lembro, reflexivamente, de uma frase que era usada constantemente pelo saudoso locutor esportivo Fiori Giglioti, quando narrava partidas de futebol: “o tempo passa...”.

O tempo passa de forma veloz, atropelando sem piedade a juventude. Confesso que ano meio cansado. Sinto a mesma motivação de outrora para guerrear nessa vida, mas não enxergo em mim a energia de outros tempos. Como jogador de futebol experiente eu não corro mais. Penso e lanço a bola. A bola deve correr pois eu não consigo mais, pelo menos na velocidade que seria ideal...

A inteligência precisa preponderar pois a força vai se esvaindo enquanto o tempo vai passando.

Posso desejar um feliz aniversário para mim mesmo? Sei lá! Não gosto de comemorar essa data desde os tempos de molecote. Algo bem pessoal que um dia, quem sabe, será objeto de texto reflexivo neste espaço.

Enquanto sigo meu caminho para a casa dos 50 vou contando as décadas que faltam para chegar à idade do meu pai, que segue forte e lúcido: o universo dos oitenta anos.

Enéias Teles Borges

3 comentários:

Cleiton Heredia disse...

Enéias,

Você tem razão "O tempo passa...", mas ele só passa para aqueles para quem a vida continua. Então, ainda bem que ele passa, pois isto é sinal de que continuamos vivos.

E se continuamos vivos é para viver. Isto pode parecer uma redundância, mas não é. Uma coisa é continuar vivo apenas vendo o tempo passar, e outra coisa bem diferente é viver de forma intensa, produtiva e realizadora de forma que mau percebemos o tempo passar.

Meu grande amigo, sei que você é uma pessoa que se encaixa no segundo grupo acima descrito, por isto simplesmente desejo-lhe que continue vivo e vivendo.

Um Feliz Aniversário!!!

Cleiton

Ebenézer disse...

Você tem muita história pra contar. Parabéns por mais um aniversário e que o tempo continue passando de modo generoso por você.

E já que você falou em "correr", que tal encarar a São Silvestre no final do ano? Poderemos correr juntos num ritmo bem pangaré. Que tal?

Cleiton Heredia disse...

Oba!!!
São Silvestre em ritmo bem pangaré?
Tô dentro!
Mas já adianto que irei de tapa-olho e papagaio no ombro (meu dinheirinho eles não vão ver).

Textos Relacionados

Related Posts with Thumbnails